terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Práticas sustentáveis para desacelerar no fim de ano

Todo fim de ano se parece, não é mesmo?


Chega dezembro e começa aquela correria pré-Natal: presentes para comprar, ceias para preparar... E no Ano Novo tem mais ceia, mais compras, mais correria. Andamos nas ruas e vemos pessoas carregando sacolas, correndo, suando... Muita gente decide viajar nessa época e encontra estradas com engarrafamentos quilométricos, acidentes, muita confusão até chegar ao destino final.


Mas fim de ano não deveria ser assim. Deveríamos aproveitar as festas de dezembro para fazer justamente o contrário: desacelerar, refletir, reduzir o ritmo.


Por isso, vamos propor aqui no Blog Moleco uma reflexão sobre novas formas de pensar e refletir o significado do Natal e do Novo Ano que está para chegar.


  • Escolha bem os presentes que você compra. Escolhendo bem a lembrança você evita que em pouco tempo ela se torne um supérfluo a ser jogado fora.
  • Pense com carinho e dê algo que possa transmitir uma mensagem de Natal para aqueles que ama.
  • Se possível, faça você mesmo o presente para sua família. Podem ser arranjos e enfeites feitos com material reciclado. É uma boa maneira de incentivar práticas sustentáveis.
  • Reaproveite embalagens de presente e não jogue os papéis e plásticos direto no lixo. Separe todo o material reciclável e dê a ele o destino correto após o Natal.
  • Dê a você mesmo um dia de folga das preocupações do trabalho e afaste-se do computador no 25 de dezembro. (serve para economizar energia e recarregar as baterias da mente).
  • Na hora da ceia, faça a quantidade de comida correta para o número de pessoas que estarão à mesa. Evite o desperdício. Muitos ainda passam fome e sequer têm o que comer na noite de Natal.
  • Ensine às crianças a darem valor ao Planeta e faça com que entendam que ele é o maior presente que podemos querer para nosso futuro.
Para dar mais dicas de práticas sustentáveis no Natal e sempre, localizamos um Almanaque para Práticas Sustentáveis, que pode ser lido aqui


Boa leitura! E deixe também sua contribuição e ideias para um fim de ano mais ecológico!

Nenhum comentário:

Postar um comentário