quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

A máxima dos três Rs


A reciclagem é uma solução inteligente e sustentável para o lixo, mas antes dela existem outras opções de reaproveitamento dos materiais, especialmente do papel. A regra dos três Rs (reduzir, reutilizar e reciclar) vale como um ciclo de uso dos produtos e materiais recicláveis e deve ser observada no nosso dia-a-dia.

Reduzir: 

“O melhor resíduo que existe é o que não foi gerado”.

Esta frase, tirada do portal da Recicloteca, traduz bem o espírito do Reduzir. É impossível viver sem produzir restos, mas diminuir o volume deles é tarefa necessária, que depende mais de organização e boa vontade do que de tecnologia.

Devemos repensar a relação que temos com as coisas. O que realmente precisamos? O que realmente utilizamos? Posso começar a viver sem isso? Vai me fazer muita falta ou nenhuma? Avaliar estas questões antes da compra e durante a utilização dos bens materiais já é um passo importante no consumo consciente. 

No caso do papel, reduzir seu uso no nosso dia-a-dia é bem mais simples do que pensamos: imprimir apenas o que é estritamente necessário, e tentar sempre aproveitar frente e verso das folha já é uma atitude inicial bacana.

Reaproveitar:

Olhar com outros olhos para o lixo e pensar: no que isso pode se transformar? Será que isso é mesmo lixo ou eu poderia usá-lo para outro fim? Refletir sobre o que você julga ser lixo pode levá-lo a descobrir que lixo, lixo mesmo, inutilizável, é uma parte pequena do que passa nas nossas mãos. É lógico que não podemos fazer das nossas casas depósitos de materiais a serem reaproveitados. Mas ao reduzir, e depois reaproveitar, o consumo vai ficando cada vez mais consciente, e inteligente. 

O portal da Recicloteca lembra que a troca de objetos é uma maneira interessante de praticar o reaproveitamento: o que não serve para você pode servir para um amigo ou conhecido. Nada que um pouco de criatividade não ajude a transformar!

Reciclar:

É o tema do qual mais falamos. Reciclar é transformar; transformar em algo novo que recomeça o ciclo de consumo consciente. Todos os papéis da Moleco são reciclados, e os materiais extras (elásticos, por exemplo) são também recicláveis.

A diferença entre o reaproveitamento e a reciclagem é que esta última depende de uma transformação química ou física. Já o reaproveitamento não altera a matéria de maneira tão profunda.

Clicando aqui, você pode ler mais sobre os 3Rs no portal da Recicloteca. No portal do Instituto Akatu também há um breve artigo que fala sobre isso. Clique aqui

E para o reaproveitamento, descolamos uma dica bacana: como fazer seu próprio bloco de anotações em casa, reutilizando caixas de cereal, por exemplo!



O passo-a-passo está aqui no Blog Mondocubano, e achamos tudo muito bem explicado e bem feito (mas se você não tiver tempo para uma tarefa tão minuciosa, já sabe que pode encontrar seu caderno ecológico de bolso aqui!)

Se tiverem dicas de reutilização, mandem pra gente para o e-mail blog@moleco.com.br!

Um comentário:

  1. Pedindo uma ajudinha, estou fazendo uma promoção no meu site, da uma passadinha por lá e concorra também. Olha o link aqui: http://mindprisioner.blogspot.com/2010/01/1-promocao-mp-memorias-de-uma-gueixa.html

    ResponderExcluir